Publicado por: goretef | maio 13, 2008

Arcimboldo e Eckhout – indissociabilidade da relação natureza-cultura

Fizemos, em sala de aula, uma leitura comparativa da obra do artista Giuseppe Arcimboldo com Albert Eckhout, apreciando: a percepção do comum e diferente; como a natureza está representada em suas respectivas obras; como se podem classificar os elementos da natureza e da cultura a partir das imagens, os traços culturais impressos, os contextos e poéticas, descobrindo e realçando os elementos da natureza que as compõem. Teceram-se reflexões acerca da percepção, curiosidades e das experiências culturais que os alunos vivenciavam ao observar os slides, as percepções das relações homem/natureza e natureza/cultura visualizadas nas aulas anteriores.

Arcimboldo parte de elementos da natureza, correspondentes a cada uma dos temas que propõe, agrupados sob o formato retrato ou perfil. Os alunos foram estimulados a abstrair, considerando cada um dos detalhes de uma obra separadamente, montando uma personificação imaginária, em cada um dos caminhos simbólicos que ela sugeria.

Observamos que ambos, Arcimboldo e Eckhout, são pintores naturalistas. Enquanto Eckhout parte de uma tradição naturalista e descritiva, Arcimboldo subverte-a, superando a idéia de imitação da natureza. O foco da obra de Arcimboldo é a natureza, o seu aspecto simbólico e espiritual – expresso na harmonia e no equilíbrio de cores quentes com tons de verde; detalhista, mas com característica ocultista.

Os alunos observaram as paisagens antropomorfas de Arcimboldo, descobrindo corpos e faces humanas, sugeridos pela representação de animais, frutas, flores e legumes. Nas obras de Eckhout, os alunos descobriram as paisagens geográficas, os diversos tons de verde, a cobertura vegetal, atividade produtiva, áreas cultivadas, tecendo as relações com as paisagens de hoje, a previsão do tempo, em cada cena representada – trazendo os exemplos para as paisagens locais de hoje.

A professora sugeriu aos alunos, como atividade prática em suas respectivas escolas, algumas técnicas de aprendizagem, como buscas na internet de outros trabalhos, outros autores, fazendo interpretações, releituras das imagens e de temas das obras, com exploração de várias técnicas, como recorte e colagem, massinha, papel camurça, canetinha e sobreposição de fotos. De outra forma, poder-se-ia criar expressões fisionômicas nos legumes, nas abóboras, por exemplo. Analisar o abstracionismo como forma de representação da natureza através do grafismo indígena e das produções de artistas modernos e contemporâneos. Investigar formas de celebração da natureza nas produções de diferentes linguagens e modalidades artísticas. Observar artistas contemporâneos que trabalham com questões ambientais, comportando o processo de criação e os materiais que utilizam. Buscar nessas leituras uma síntese que expresse o espírito da biosfera.

Podemos considerar que a arte tem sido um veículo para se transportar o espírito através do tempo. Ao longo dos séculos, pessoas de todas as culturas têm demonstrado em suas artes a sensação de que existe uma totalidade da terra, uma unidade da vida, conhecida, mas não diretamente vista. (Profª Maria Gorete de Figueiredo)

Adaptação de Viajando com Eckhout

Siga-nos no Twitter


Responses

  1. Oi, td bem?

    Agradeço pela indicação do meu blog (Verde Social) entre os links. Aproveitei e tb te linkei lá no meu espaço.

    Sinceramente, ainda não parei para olhar com calma o seu blog e espero fazê-lo amanhã, mas do pouco que vi até agora, muito gostei…

    Apareça sempre por lá!

    Abçs!

    Olá Bruno,
    seu post “Costurando e construindo idéias no MSN” estará sendo discutido em sala de aula. O diálogo que vc estabelece com a Dani, discutindo teorias, conceitos, práticas, etimologias, é oportuno, e está dentro do espírito de nossas aulas. Atualmente, estamos explorando, no curso de especialização em educação ambiental, a indissociabilidade natureza-cultura, a teoria dos sistemas vivos e suas aplicações/implicações no campo da educação ambiental.
    Abs
    Gorete


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: