Publicado por: goretef | junho 12, 2008

Aqui não será permitido acender fogueira

Queime sua fogueira com os menores danos à natureza

“Será que escolhemos corretamente as lenhas para a confecção das fogueiras dos dias de Santo Antônio, São João e São Pedro?
 
Há casos de árvores que estão em extinção como a Aroeira e a Baraúna. Se não protegemos o meio ambiente elas poderão sumir do nosso Nordeste, acelerando o processo de desertificação. É preciso darmos mais atenção a nossa mata nativa. Árvores como Aroeira, Quixabeira, Mororó, Jucá, Faveleira e outras plantas medicinais, apesar de não terem sido profundamente pesquisadas pela nossa ciência, supõe-se que através delas encontrem-se curas para várias doenças.
 
Neste ano, recomenda-se queimar nas fogueiras a Algaroba, o Avelós e o Sabiá que são espécies que não prejudicam tanto o meio ambiente paraibano. Compre a lenha para sua fogueira somente em locais credenciados pelo IBAMA.”
 
Quando São João Nasceu.
 
              Rui Vieira
 
Quando São João nasceu
Santa Ana acendeu
Uma fogueira no terreiro
Não sei a quem compete
Mas o gesto se repete
No Nordeste brasileiro
 
Repita o simbolismo
Coisa do Cristianismo
Jesus e Nossa Senhora
Mas o desmatamento
Causa constrangimento
A fauna e a flora
 
E em nome de São João
Não solte mais balão
Faça pequena fogueira
Pergunte ao IBAMA
Não se mata o que se ama
Queime certa a madeira
 
Não apague o verde
Nem apague a tradição
Não use madeira de lei
Mas aqueça o coração
A natureza agradeçe
Em nome de São João
 
 
Texto extraído e simplificado da campanha “Acenda a Fogueira, mas não Apague o Verde”   CREA/IBAMA/UFPB/UEPB/EMATER/CEDAC
 
Essa campanha buscou, em 2004, disciplinar o uso da lenha, sem comprometer a tradição cultural e o meio ambiente do nosso Estado e do Nordeste do Brasil.

Hoje, notícia veiculada na mídia local informa que a cidade de Campina Grande, a 120km de João Pessoa, e mais 36 Comarcas do Sertão e do Cariri paraibano determinam, através do Ministério Público, que, quem acender fogueira neste São João, terá que pagar multa de R$ 1 mil. A Superintendência do Desenvolvimento do Meio Ambiente (Sudema) não está autorizando o cadastramento de vendedores para comercializar lenha para fogueiras.  Há quem sugira as “fogueiras comunitárias” para preservar o meio ambiente. Mas, em nenhum comunicado das autoridades locais, vemos essa abertura.
Os críticos e tradicionalistas, reagem contra a idéia de extinguir uma tradição secular, há tanto tempo arraigada na cultura de um povo.
O que você pensa disso, caro(a) leitor(a)?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: