Publicado por: goretef | junho 5, 2012

Esquentando os motores (não poluentes) para a Rio + 20

A partir de hoje, o Teia Viva divulgará e fará alguns comentários sobre o que vai tratar a Rio + 20. Comentaremos pelo menos o que consideramos relevante para o campo da educação ambiental.

Começando pelo entendimento da Logomarca da Conferência:

“A logomarca contém os três pilares de desenvolvimento sustentável – o desenvolvimento social, o desenvolvimento econômico e a proteção ambiental, conectados na forma do globo. As três cores fundem-se indicando a interligação três pilares.”

Considerando que a cidade do Rio de Janeiro será sede da Conferência…

Baía de Guanabara

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, acontecerá no período de 13 a 22 de junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro. A denominação Rio+20 lembra os vinte anos de realização da Conferência das Nações Fracas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD), conhecida também como ECO-92, Rio-92, Cúpula ou Cimeira da Terra. E, dez anos após a ECO-92, a ONU realizou a Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável em Joanesburgo (África do Sul), a chamada Rio+10 ou conferência de Joanesburgo.

A Rio+20 deverá contribuir para definir a agenda (creio que quer dizer: trabalho, fazer acontecer) do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas.

O objetivo da Conferência é “a renovação do compromisso político com o desenvolvimento sustentável, por meio da avaliação do progresso e das lacunas na implementação das decisões adotadas pelas principais cúpulas das nações sobre o assunto e do tratamento de temas novos e emergentes.”

Temas principais:

  • A economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza; e
  • A estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável.

Os grifos são meus e indicam a ênfase que desejo ressaltar em posts futuros sobre as variáveis que considero as mais importantes no âmbito dos dois temas – economia verde (conscientização, negócios, atividade produtiva, educação ambiental, reciclagem, sustentabilidade); erradicação da pobreza (inclusão social, educação ambiental, capacitação, conscientização, apoio financeiro e tecnológico, micro, pequenos empreendimentos, sustentabilidade); estrutura institucional (conscientização, governança, políticas públicas, setor produtivo, sociedade civil, sistema educacional).

Programação da Rio + 20:

Segundo a programação contida no site oficial da Rio+20 a Conferência será composta por três momentos:

Nos dias 13 a 15 de junho, haverá a III Reunião do Comitê Preparatório, na qual se reunirão representantes governamentais para negociações dos documentos a serem adotados na Conferência.
Entre 16  e 19 de junho estão previstos os eventos com a sociedade civil.
De 20 a 22 de junho, para o Segmento de Alto Nível da Conferência,  é esperada a presença de  Chefes de Estado e de Governo dos países-membros das Nações Unidas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: